sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Você tem um diário?

Com certeza quando você era adolescente tinha um Diário aonde anotava todas as suas emoções, paixonites, etc? E garanto que muitas ainda tem ele guardadinho no fundo do armário... Que tal voltar a ter um diário??? .Mas desse momento vai ser outro tipo, você vai escrever outras coisinhas...


Muitas pacientes vão até meu consultório, e dizem que não sabem porque estão engordando. Uma das opções que dou é para criar um Diário Alimentar. Assim, você consegue fazer uma auto-análise do que está comendo durante todo o seu dia/semana/mês.

Alguns estudos já mostraram que quem mantém um diário alimentar pode emagrecer até duas vezes mais comparado à pessoas que não tomam as notas das refeições.

Hoje com tanta tecnologia você pode anotar as porções no celular ou deixar um caderno na bolsa. Lembrando, que você deve anotar tudinho, bala, bolacha, água, suco...e o idel é no final do dia dar uma lida em tudo que você anotou e fazer uma observação aonde precisa melhorar.

Um exemplo de como você pode anotar:

Café da Manhã - Horário: 6:20

1 fatia de Mamão com 1 colher de sobremesa de farinha de linhaça
1 Fatia de Pão integral com melado
1 xícara de café com leite semidesnatado
1 leite fermentado

Lanche da manhã - Horário: 10hrs
1 fruta
2 copos de água


Quem já usa esse método???

2 comentários:

  1. Eu uso quando sinto que a balança não sai do lugar. O bom do diário é que dá pra anotar também como você está se sentindo, se está com muitas vontades de besteira. É bom pra identificar se não estamos cedendo as nossas emoções!

    ResponderExcluir
  2. Oi Milena!! Isso mesmo, no diário além de colocar as quantidades e alimentos, se você colocar as emoções, fica mais fácil identificar como você se comporta em relação comida x emoção. Grande abraço!

    ResponderExcluir